quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Eu amo o vento que toca a minha pele
Eu amo o mar que beija a minha terra
Eu amo o Sol que me dá a vida.

Eu amo a vida...
Que há na terra
Que há no mar
Que há no ar.

Eu amo você...
Que ainda nem conheço
Que não sabe meu endereço
Que não me serve de adereço.

Eu amo tudo...
Que há na minha sina
Que pode estar naquela esquina
Que mesmo assim me fascina

Eu amo você...
Que não combina com essa sinafia
Que não tem seu nome nesta grafia
Que não sabe porque te amo.

É você, meu ser humano,
que eu tanto amo.

Nenhum comentário: